(82)3221-0909
Com soluções inovadoras, Neodent mira expansão mundial

Com soluções inovadoras, Neodent mira expansão mundial

O brasileiro é sempre lembrado pela sua simpatia. Logo, o sorriso pode ser considerado um dos ativos mais importantes da população. Essa conclusão é corroborada ao se observar o tamanho do mercado odontológico no Brasil. Segundo dados do Conselho Federal de Odontologia (CFO), o país abriga 287 000 dentistas. Isso equivale a cerca de 15% dos profissionais registrados em todo o planeta.

Por ano, são colocados cerca de 2,3 milhões de implantes dentários no Brasil, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (Abimo). Mais da metade desses implantes leva a marca da empresa curitibana Neodent, que faz parte do grupo suíço Straumann. Líder de mercado no segmento, a empresa enxerga 2017 como o ano de sua maior revolução.

Isso porque a Neodent acaba de lançar o sistema de implantes Grand Morse. Trata-se, de acordo com a companhia, do maior lançamento de sua história. Criado pelo fundador da empresa, dr. Geninho Thomé, um dos diferenciais desse novo sistema, além da facilidade de instalação pelos implantodontistas, é o implante Helix, que foi desenhado para todas as densidades ósseas. Ou seja, pode ser colocado tanto na mandíbula, em ossos mais duros, quanto no maxilar, constituído por ossos menos resistentes. “Vendemos muitos sistemas Grand Morse na primeira semana e superamos nossas expectativas”, diz o alemão Matthias Schupp, presidente da Neodent, que comemorou os resultados iniciais.

O Grand Morse é uma aposta gigantesca da empresa para crescer não só no Brasil, mas em todo o mundo. A fabricante já atua em 25 mercados diferentes, mas, segundo Schupp, a intenção é que o Grand Morse seja o grande responsável pela expansão internacional da companhia. A meta é que, até o ano que vem, metade de todas as vendas da Neodent, atualmente na casa dos 2 milhões de implantes, seja feita no exterior.

Colocando a mão no bolso

O otimismo do executivo alemão não é da boca para fora. A empresa está tirando dinheiro do bolso a fim de conquistar uma maior fatia no mercado internacional. Foram aportados 60 milhões de reais pela Neodent para ampliar sua fábrica em Curitiba. Outros 60 milhões de reais estão separados para a segunda fase do projeto, que deve começar ainda neste ano.

Outra frente de expansão da empresa é o varejo. Para estar cada vez mais próxima dos profissionais, a companhia vem investindo em lojas próprias e comércio eletrônico. Atualmente, ela é a única do segmento a possuir um e-commerce próprio (link para a loja virtual – http://loja.neodent.com.br) totalmente dedicado aos clientes e com produtos para dentistas, técnicos em prótese e laboratórios. Já as lojas físicas, além de atenderem os dentistas, também funcionam como centros de distribuição (a empresa possui outros quatro CDs). “O dentista e o paciente não querem mais esperar uma semana para receber o implante”, afirma Schupp. “Isso se tornou um grande diferencial.”

Mais próximo do paciente

Apesar de o principal comprador dos produtos da Neodent ser o dentista, a companhia vem apostando na aproximação com o cliente final, o paciente. Por meio de dicas em seu site e de ações de marketing, a companhia quer mostrar aos pacientes a importância de implantes dentários com componentes originais e com garantia. Afinal, o investimento no próprio sorriso pode fazer a diferença na vida de alguém.

Um exemplo é a expedição Neo Sorrisos. De olho nos 20% dos brasileiros que já perderam algum dente (metade disso não possui nenhum na boca), a empresa comprou um trailer, fez um verdadeiro consultório dentro do veículo e percorreu 6 500 quilômetros pelo Brasil para atender mais de 1 800 pessoas carentes, por meio da atuação de voluntários. No próprio site do projeto, é possível encontrar histórias de pacientes que mudaram completamente a vida após ter seus dentes tratados. Alguns desses brasileiros, aliás, tiveram essa oportunidade pela primeira vez por conta da Neo Sorrisos. Outros superaram medo e vergonha de visitar o dentista por causa da expedição. É possível dizer, pelo relato de algumas das pessoas atendidas, que os pacientes passaram a enxergar os profissionais da odontologia com outros olhos: e com os sorrisos mais bonitos do que nunca.

Compartilhar

Comentários